Inventário Florestal e Cadastramento Arbóreo

Inventário Florestal e Cadastramento Arbóreo são dois processos de levantamento arbóreo executados em conformidade com o  serviço de Estudos Florestais.

Inventário Florestal e Cadastramento Arbóreo

Inventário Florestal

O inventário florestal é executado com o intuito de realizar o levantamento de dados sobre a quantidade, bem como qualidade dos recursos florestais e das características sobre as quais as árvores estão crescendo.

Assim sendo, ele é a base para a realização do planejamento do uso dos recursos naturais, definindo o potencial produtivo da floresta em relação aos produtos existentes na mesma. Além disso, através desse serviço pode-se determinar também a estocagem de carbono, monitorar a dinâmica de crescimento e restauração da floresta, reduzir os danos à floresta remanescente – isto é, não sofreram degradação completa pela atividade humana, como construção civil, ou desastres ambientais e que continuam preservados – durante as obras de um empreendimento.

Sobretudo, os objetivos do inventário devem ser definidos conforme o uso presente ou futuro da área. Ou seja, podendo ser área de recreação, área de manutenção da vida silvestre, áreas de reflorestamento comercial, reserva florestal, entre outros.

Para melhor entendimento, podemos citar como exemplo as Florestas com fins madeireiros, o inventário é feito com a finalidade de determinar ou estimar variáveis como: peso; área basal, volume, qualidade do fuste, estado fitossanitário, classe de copa e potencial de crescimento da espécie florestal.

Cadastramento Arbóreo

O cadastramento arbóreo é realizado quando temos árvores isoladas ou fragmentos florestais, como também identifica as espécies que compõem o local de estudo em acordo com as legislações ambientais vigentes.

Para que a identificação botânica dos exemplares arbóreos sejam efetiva, o relatório deve conter:

  • Nome comum e nome científico;
  • Origem – nativa ou exótica;
  • Mensuração do diâmetro à altura do peito – DAP e altura do exemplar;
  • Determinação do estado fitossanitário; e,
  • Identificação dos exemplares constantes nas listas oficiais das espécies ameaçadas de extinção.

Em seguida, os exemplares arbóreos levantados no estudo, são identificados por uma plaqueta numerada e amarrada através de um cordão elástico. Não utilizamos pregos na fixação das placas para evitarmos dano ao exemplar e possível multa em função da Lei nº 14.902/2009, no caso do município de São Paulo.

Legislações vigentes no Município de São Paulo em relação ao Levantamento Arbóreo são:

Além da Lei n 14.902/2009, a cidade de São Paulo possui legislação densa em relação ao levantamento arbóreo. A saber:

Todos os serviços

Olá! Quer tirar dúvidas sobre Inventário florestal e Cadastramento Arbóreo para a sua empresa? Entre em contato:

  • Telefone:
  • Whatsapp:
  • Mais opções de contato